.Art.13º, n.º da Constituição

"Ninguém pode ser privilegiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça,língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual"
Sábado, 22 de Março de 2008

O Dia Mundial da Poesia

     Sobre este dia, já escrevi algo no meu outro blog

 O Canto do Nelson

 

     Entretanto, sendo este um blog de características especiais podia ter contado mais uma das minhas histórias, mas não tenho pachorra para tanto, nem aconteceu algo nos últimos dias digno de nota que pudesse transformar numa história. Assim, sendo O Dia Mundial da Poesia e porque me lembrei à última hora de vos escrever algo aqui ficam dois poemas; um de Lobo Antunes, que descreve uma história de engate e outro de A. A.Manzanero que dedico a um amigo que está longe.

     Espero que gostem.

 

Bolero do coronel sensível que fez amor em Monsanto

De: Lobo Antunes

                                                                  

Eu que me comovo
Por tudo e por nada
Deixei-te parada
Na berma da estrada
Usei o teu corpo
Paguei o teu preço
Esqueci o teu nome
Limpei-me com o lenço
Olhei-te a cintura
De pé no alcatrão
Levantei-te as saias
Deitei-te no banco
Num bosque de faias
De mala na mão
Nem sequer falaste
Nem sequer beijaste
Nem sequer gemeste,
Mordeste, abraçaste
Quinhentos escudos
Foi o que disseste
Tinhas quinze anos
Dezasseis, dezassete
Cheiravas a mato
À sopa dos pobres
A infância sem quarto

A suor, a chiclete
Saíste do carro
Alisando a blusa
Espiei da janela
Rosto de aguarela
Coxa em semifusa
Soltei
o travão
Voltei para casa
De chaves na mão
Sobrancelha em asa
Disse
: fiz serão
Ao filho e à mulher
Repeti a fruta
Acabei a ceia
Larguei o talher
Estendi-me na cama
De ouvido à escuta
E perna cruzada
Que de olhos em chama
tinha na ideia
Teu corpo parado
Na berma da estrada
Eu que me comovo
Por tudo e por nada

 

In: "Eu me comovo por tudo e por nada", 1992

 

 

                                                   Dormir contigo

de: A.Manzanero

 

Dormir contigo

É o caminho mais directo ao paraíso

Sentir que sonhas quando te beijo

E as mãos te acariciam

Dormir contigo

É navegar numa estrela até ao espaço

É embriagar-me com o sussurro da tua fala

Quando te abraço

 

 Dormir contigo

É conhecer a dimensão que tem um verso

Sentir que durmo

Ao mesmo tempo que descubro o universo

  

Dormir contigo

Com o teu cabelo acomodado nos meus braços

É o veludo que me brinda o teu regaço

Que maravilha dormir contigo

Dormir contigo com o desejo de acordar quando amanheça

Com o calor de um novo dia à janela

Foi algo belo amor, dormir contigo.

       O Caçador

 

sinto-me: Bem com os poetas
a música que estou a ouvir: Amor sem limites
publicado por nelson camacho às 06:25
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De B a 30 de Março de 2008 às 20:53
Gostei, sim senhor...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Eles eram dois – I Capítu...

. Eles eram dois – II Capit...

. Menino rico e menino pobr...

. A Masturbação

. Até quando homofóbico – I...

. A Minha prenda de Natal –...

. A Minha prenda de Natal –...

. O meu primo de Lisboa

. Não beijo!.. e você já be...

. Os Motas – II Capitulo

.arquivos

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

.favorito

. Sai do armário e mãe pede...

. Eurovisão

. Depois de "All-American B...

. Raptada por um sonho ...

. Crónica de um louco senti...

. Terminei o meu namoro!!‏

. Dois anjos sem asas...

. Parabéns FINALMENTE!!!!

. Guetos, porque não?

. “Porque razão é preciso t...

.Já cá vieste!

counter

.Olha que está na hora

relojes web gratis

.ALERTA - Aos amigos que me lêem

Este Blogue é constituido por histórias Homo-Eróticas dedicadas a MAIORES de 18 anos. Os homossexuais também têm sentimentos, sofrem, amam e gozam a vida como qualquer outro sejam activos, passivos ou Flex (versátil). As fotos e videos aqui apresentadas foram capturadas da internet livres de copyrigt. Quanto aos textos, são de minha inteira responsabilidade ©. Não faça copy sem mencionar a sua origem. Tenham uma boa leitura e não se esqueça que o geral ultrapassa a ficção. Comente dem medos e não tenha preconceitos.
blogs SAPO

.subscrever feeds